COMPARTILHE

Ao que parece, meio mundo (passe a expressão) já viu a foto do assento sem costas num avião da easyJet. E tudo passaria despercebido – ou não causaria tanta polémica – se a low cost não pedisse a um ‘twiter’ para retirar uma foto postada no twitter na qual um passageiro é visto sentado em um banco sem encosto.

O usuário @Mattiasharris postou essa foto e escreveu a easyJet ganhou à Ryanair quando se trata de ter assentos sem encosto. A resposta da empresa ao ‘twit’ causou um rebuliço nas redes.

#easyjet beats @Ryanair to have backless seats. @IATA @EASA this is flight 2021 Luton to Geneva. How can this be allowed. @GeneveAeroport @easyJet_press @easyJet

@Mattiasharris respondeu afirmando que é uma foto real de um avião que actualmente está descendo em Genebra.

Diante da controvérsia criada nas redes sociais, a empresa emitiu uma declaração na qual afirmam que nenhum passageiro foi autorizado a sentar-se nestes assentos, pois não estavam operacionais e aguardavam uma reparação. A segurança é nossa maior prioridade e a easyJet opera sua frota de aeronaves em estrita conformidade com todas as directrizes de segurança.

Porém, o que originou a grande ira online foi a desajeitada resposta à fotografia por parte da companhia aérea easyJet:

Oi Matthew, obrigado por trazer isso à nossa atenção, antes que possamos investigar, eu poderia pedir-lhe para remover a fotografia e, em seguida, nos enviar uma mensagem privada com mais informações sobre isso, para que possamos ajudá-lo melhor? Ross.

Luís de Magalhães

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here