Início Breves Accor planeia mil demissões em todo o mundo

Accor planeia mil demissões em todo o mundo

Após registar um prejuízo de mais de 1,5 milhões de euros no primeiro semestre do ano, face ao lucro de 141 milhões no mesmo período do ano passado, o grupo hoteleiro Accor anunciou que pretende reduzir o quadro de pessoal a nível mundial.

A decisão alcançará mil trabalhadores dos 18 mil que a empresa francesa possui. Um porta-voz disse à EFE que a maior parte da redução ocorrerá entre agora e 2021, embora não tenham fornecido detalhes sobre os países que serão mais afectados.

Estas supressões vão afectar os trabalhadores directamente contratados pelo grupo, que inclui cadeias como Ibis, Sofitel ou Pullman e faz parte do plano de poupança que visa reduzir as suas despesas fixas em 200 milhões de euros até 2022, em resultado do impacto da pandemia de coronavírus.

O volume de negócios do grupo hoteleiro, de Janeiro a Junho, foi de 917 milhões de euros, 52,4% menos que no primeiro semestre de 2019, acrescentou a empresa em comunicado onde atribui estes resultados ao impacto da crise na saúde.

Em relação ao RevPar, que corresponde ao rendimento médio por quarto disponível, verificou-se uma redução global de 59,3% no semestre, percentual que atingiu 88,2% apenas no segundo trimestre.

Na Europa a queda foi de 62,1% no primeiro semestre, com caída de 60,4% em França, enquanto na Ásia-Pacífico o RevPar desceu 54,7%, na América do Norte e Central e Caraíbas 64,3% e na América do Sul 52,4%.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter