COMPARTILHE

Os dados são do Barómetro de Férias, um estudo levado a cabo pela Europ Assistance. Uma grande percentagem de portugueses (47%) vai fazer férias no mercado interno. Por outro lado, o estudo revela que o orçamento disponível é de 1.333 euros, um valor substancialmente abaixo da média europeia, que é de 2.019 euros.

Quem tenciona fazer férias no exterior, por norma, opta por um destino espanhol (25%), francês (9%) ou italiano (7%). Um outro dado interessante prende-se com a distribuição dos dias de férias. Este ano verifica-se que os portugueses tencionam tirar menos dias no Verão, optando por ter férias repartidas. Para se ter uma ideia os portugueses referem ficar 1,7 semanas de férias este Verão. Valor inferior ao registados pelos franceses (2 semanas) e inclusive aos dos suíços, espanhóis e belgas, que irão ter 1,9 semanas ao sol.

Quanto ao tipo de férias o sol e praia continua a ser o preferido. 61% dos inquiridos no nosso país planeiam passar as suas férias na praia. Mesmo assim há 34% dos portugueses que revelaram que vão tirar férias numa cidade, um valor acima da média europeia (25%).

Se para os portugueses o orçamento é determinante na escolha do destino de férias (pelo menos para 69% dos inquiridos), esse factor não é tão preponderante noutros países – a média europeia é de “apenas” 53%. Em segundo lugar os portugueses colocaram os riscos para a saúde (57%) e em terceiro os riscos de ataque terrorista (56%).