2021: proveitos no alojamento turístico atingiram os 211,6 ME


O Instituto Nacional de Estatística (INE) informou que os proveitos registados nos estabelecimentos de alojamento turístico em Portugal atingiram 211,6 milhões de euros no total e 153,4 milhões de euros relativamente a aposento.

Comparando com Novembro de 2019, os proveitos totais decresceram 8% e os relativos a aposento diminuíram 7,5%.

Quanto ao rendimento médio por quarto disponível (RevPAR) situou-se em 30,4 euros em Novembro (42,8 euros em Outubro), enquanto o rendimento médio por quarto ocupado (ADR) atingiu 75,2 euros em Novembro (83,9 euros em Outubro).

Em Novembro de 2019, o RevPAR tinha sido de 32,1 euros e o ADR 70,5 euros.

Já numa análise ao período entre janeiro e novembro de 2021, o INE verificou aumentos de 56,4% nos proveitos totais e de 58% nos relativos a aposento, no entanto, comparando com o mesmo período de 2019, registaram-se descidas de 46,8% em ambos os casos.

Neste período, considerando a generalidade dos meios de alojamento (estabelecimentos de alojamento turístico, campismo e colónias de férias e pousadas da juventude), registaram-se 14,9 milhões de hóspedes e 39,9 milhões de dormidas, correspondendo a crescimentos de 33% e 36,9%, respectivamente.

,

error: Content is protected !!