Início Opção Turismo 2020: o turismo não desistiu

2020: o turismo não desistiu

Este é a última edição de 2020 do Opção Turismo, ano de todos os desafios. O ano em que a Covid-19 não deu tréguas a ninguém em todo o mundo. O ano em que a saúde pública e a segurança sanitária estiveram na maior das prioridades.

Em 2020, a economia global abrandou, mas muito em particular para um sector que lida com pessoas e com mobilidade. Claro, o turismo que vinha tendo um crescimento extraordinário em todo o mundo, em particular em Portugal, fosse ao nível de entradas de turistas, quer de receitas. 2019 terá sido o melhor ano do turismo num país várias vezes considerado o melhor destino turístico do mundo.

‘Ficar em casa’ foi a mensagem passada em todo o mundo. Por isso, o turismo, na sua globalidade, foi um dos sectores mais afectados. Hotéis fecharam, aviões de companhias aéreas estiveram vários meses em terra, as agências de viagens e os operadores turísticos deixaram de vender, as companhias de cruzeiros permaneceram os seus navios em doca seca, as empresas de animação turística deixaram de ter clientes, os congressos, eventos e incentivos foram proibidos. Enfim, o mundo mudou.

Mas, o turismo não desistiu.  Sendo um sector abalado por várias crises, principalmente no século passado, manteve-se resiliente. Inventou-se e reinventou-se. Os seus empresários não ‘atiraram a toalha ao chão’ apesar de todos os golpes, não pedindo nada de mão beijada, mas solicitando ajudas dos governos para não morrer.

O turismo é, em muitos e muitos países, o principal sector da economia, o que gera mais riqueza e emprego. Em Portugal também não o podemos negar, pelo contrário.

Foi um ano mau, estamos todos de acordo. Mas as estruturas e infra-estruturas do turismo em Portugal e no mundo não foram afectadas. Por isso, agora é preciso olhar de frente com novas perspectivas. Chegou a vacina para combater este mal. Esperamos que a confiança e a vontade de viajar sejam o lema do novo ano.

O Opção Turismo também não desistiu durante este tempo conturbado. Em 2020 não baixámos os braços. Demos voz aos empresários do sector e às suas associações, escrevemos sobre as suas mágoas e preocupações, falámos de novos investimentos no país, mas também estivemos sempre atentos a todos os apoios que ao longo dos meses foram anunciados pelo Governo.

Por isso, acreditamos que em 2021 vamos continuar a viver e sobreviver, aguardando que melhores anos virão. O turismo vai ser, sem dúvida, um dos sectores prioritários a ultrapassar e a vencer esta crise. Não tenhamos dúvidas.

Carolina Morgado

 



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter