Início noticias Hoteleiros com expectativa positiva para verão

Hoteleiros com expectativa positiva para verão

A maior parte dos hoteleiros já confirmou mais de 50% das reservas para o verão, o que alimenta um otimismo considerável para a temporada de pico, conforme revelam os dados de uma pesquisa realizada pela Associação da Hotelaria de Portugal (AHP).

“As expectativas para a alta temporada são, de modo geral, muito positivas.”, disse a presidente executiva da AHP, Cristina Siza Vieira.

Para o mês de junho, 70% dos participantes do inquérito reportaram uma taxa de reserva que varia entre 50% e 89%, e 43% dos hoteleiros afirmaram que as suas reservas superam 70%. A Madeira destaca-se, com praticamente todos os inquiridos a apresentar reservas acima de 70%, seguida pelos Açores, onde 86% superaram essa marca.

Em julho, 67% dos entrevistados em Portugal indicaram taxas de reserva entre 20% e 69%. Nos Açores, quase todos reportaram mais de 70% de reservas, enquanto que, na Madeira, 98% excederam os 50%. Por outro lado, no Alentejo, apenas metade alcançou mais de 20%, a menor média regional.

Agosto, o mês mais movimentado para o turismo, mostra que 63% das reservas oscilam entre 20% e 69%. Nos Açores, todos os participantes já registaram mais de 70%. Na Madeira e no Algarve, a grande maioria superou os 50%. O Alentejo manteve a menor taxa de reserva, com mais da metade abaixo de 50%.

Em setembro, 71% dos hoteleiros nos Açores relataram reservas acima de 70%; na Madeira, a maioria superou os 50%. No Algarve, metade dos hoteleiros excedeu essa marca, enquanto no Centro e no Alentejo, a maior parte ficou abaixo dos 50%.

Quanto aos principais mercados emissores, 73% dos inquiridos colocaram o mercado nacional entre os três principais, seguido pelo Reino Unido (52% da amostra) e Espanha (45%). Os Estados Unidos e a Alemanha aparecem em seguida, com 38% e 31%, respetivamente.

Os associados da AHP também foram inquiridos sobre as suas expectativas para os principais indicadores de desempenho hoteleiro em comparação ao verão de 2023, com 89% a esperar uma taxa de ocupação igual ou superior. Em termos de preço médio, 76% preveem uma melhoria em relação ao ano anterior e, sobre os rendimentos totais e de aposentos, 68% estão otimistas de que serão melhores ou muito melhores.

A pesquisa foi realizada entre 20 e 31 de maio, contando com a participação de 378 estabelecimentos turísticos membros da AHP.