Início noticias Obras na Portela avançam em outubro, Luís de Camões não se sabe...

Obras na Portela avançam em outubro, Luís de Camões não se sabe bem

15MAI24 – No imediato, avançam as obras que permitirão o aumento de capacidade no aeroporto da Portela, estimando-se que possam atingir os 45 milhões de passageiros por ano. Tudo isto até estar pronto o novo aeroporto, em Alcochete, cujas previsão de obras variam entre 10 e 15 anos.

“O Governo decidiu aprovar o desenvolvimento do novo aeroporto de Lisboa com vista à substituição integral do Aeroporto Humberto Delgado no campo de tiro de Alcochete e atribuir-lhe a denominação de Aeroporto Luís de Camões”, anunciou ontem Luís Montenegro, após uma reunião extraordinária do Conselho de Ministros.

O executivo seguiu assim as recomendações da Comissão Técnica Independente (CTI) e está em consenso com a posição do principal partido da oposição, cujo líder veio de imediato comunicar o seu apoio.

A construção de um novo aeroporto na região de Lisboa tem sido uma exigência da CTP nos últimos anos, pelo que nos congratulamos pela decisão finalmente hoje anunciada”, afirmou o presidente da CTP Francisco Calheiros, citado em comunicado. “Só espero que esta seja uma decisão definitiva e que não venha a ser colocada em causa por outros Governos, algo a que infelizmente já assistimos nos últimos anos”, concluiu.

A par destas obras, Luís Montenegro anunciou também a ligação entre Lisboa e Madrid em TGV, com uma duração de 3 horas, também para 2034, o mesmo ano em que deverá estar concluída a terceira travessia sobre o Tejo, ligando Chelas ao Barreiro.

O novo aeroporto, caso venha a estar um dia pronto, deverá ter uma capacidade na ordem dos 100 milhões de passageiros em 2050.