Início noticias Proveitos do alojamento turístico permanecem em crescimento

Proveitos do alojamento turístico permanecem em crescimento

22ABR24 – Em fevereiro de 2024, o setor do alojamento turístico registou 1,8 milhões de hóspedes e 4,3 milhões de dormidas, gerando 276,4 milhões de euros de proveitos totais e 202,1 milhões de euros de proveitos de aposento.

O rendimento médio por quarto disponível (RevPAR) situou-se em 37,8 euros e o rendimento médio por quarto ocupado (ADR) atingiu 83,8 euros. O ADR atingiu os valores mais elevados na Grande Lisboa e na RA Madeira.

No que concerne a dormidas, em fevereiro, o município de Lisboa concentrou 24,3% do total de dormidas, e entre os municípios com maior representatividade no total de dormidas, destacaram-se Lisboa e Porto, com crescimentos de 8,3 e 10,5%, respetivamente.

No período acumulado de janeiro a fevereiro, as dormidas atingiram 7,7 milhões e registaram um crescimento de 3,3%, a que corresponderam aumentos de 11,2% nos proveitos totais e de 10,8% nos de aposento.

Considerando a generalidade dos meios de alojamento (estabelecimentos de alojamento turístico, campismo e colónias de férias e pousadas da juventude), registaram-se 1,8 milhões de hóspedes e 4,6 milhões de dormidas em fevereiro, correspondendo a crescimentos de 6,6% e 5,8%, respetivamente. As dormidas de residentes aumentaram 2,7% e as de não residentes cresceram 7,4%.

De salientar que estes resultados foram influenciados pela estrutura móvel do calendário, ou seja, pelo facto de 2024 se tratar de um ano bissexto e, como tal, o mês de fevereiro deste ano ter 29 dias, mais um que em 2023.