Início principal Redes sociais influenciam reservas turísticas

Redes sociais influenciam reservas turísticas

02ABR24 – Um novo estudo “Turismo e Redes Sociais”, da Marktest, revela que mais de metade dos portugueses que usam redes sociais já reservou hotéis após recomendações nas redes Instagram e Facebook, por serem consideradas as que têm mais influencia nas escolhas de destinos turísticos e viagens.

De acordo com o estudo, esse hábito é assumido por 55% dos utilizadores de redes sociais com idade entre os 25 e os 64 anos e residentes em Portugal Continental. Segundo os dados recolhidos na primeira edição deste estudo, a reserva de mesas em restaurantes ou bares é a segunda ação relacionada com turismo mais espoletada pelas informações ou recomendações recolhidas pelos portugueses em redes sociais, sendo indicada por 43% dos utilizadores destas plataformas. Seguem-se, neste ranking, as compras de bilhetes para espetáculos, em terceiro lugar. As compras de bilhetes de avião e de autocarro completam o Top5.

O estudo da Marktest também analisou as redes sociais que mais impactam as escolhas de destinos turísticos e viagens por parte dos portugueses.

Os dados revelam que o Instagram e o Facebook são as redes que lideram, com larga margem, sendo referidas por 66,4% e 64,5% dos inquiridos, respetivamente. Nas posições seguintes, com perto de 25% de referências surge o Youtube, ficando o Top5 completo com o TikTok e Whatsapp, já com indicadores abaixo dos 10% nas referências dos inquiridos a redes que impactam a suas decisões de destinos turísticos.