Início noticias Taxa turística aos cruzeiristas só se torna efetiva em 01 de abril

Taxa turística aos cruzeiristas só se torna efetiva em 01 de abril

22 dezembro 2023 – A Administração do Porto de Lisboa assina com a Câmara Municipal de Lisboa o documento que regulamenta a cobrança da taxa turística aos passageiros de cruzeiros, a partir de 01 de janeiro, embora a cobrança efetiva só aconteça em abril.

A assinatura deste protocolo decorreu esta quinta-feira, dia 21 de dezembro, no Terminal de Cruzeiros de Lisboa, em Santa Apolónia, e contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, e do presidente do Conselho de Administração do Porto de Lisboa, Carlos Correia.

Este documento regulamenta todos os procedimentos necessários para a implementação da cobrança da taxa turística a todos os passageiros que fizerem escala de visita à cidade.

“É em 01 de abril que é efetivada a cobrança da taxa”, afirmou o presidente do Conselho de Administração do Porto de Lisboa, Carlos Correia, no âmbito do protocolo para a cobrança de taxa turística em Lisboa aos passageiros de cruzeiros.

O protocolo entra em vigor em 01 de janeiro, mas há “algumas questões técnicas que é necessário resolver”, designadamente a adaptação dos sistemas informáticos da APL para efetivar esta cobrança, apontou Carlos Correia, referindo que outro dos aspetos é que alguns dos pacotes de viagens de cruzeiro para o próximo ano já foram vendidos, pelo que “a efetivação da cobrança da taxa é a partir do dia 01 de abril”.

A taxa turística é cobrada aos operadores, através da plataforma utilizada pelos portos nacionais – Janela Única Logística, onde estão reunidas todas as autoridades envolvidas na operação portuária e que serve para a gestão de todos os processos que envolvem as escalas de navios comerciais e outros.

De acordo com a Lisbon Cruise Port, empresa responsável pela gestão do Terminal de Cruzeiros do Porto de Lisboa, são cerca de 500 mil passageiros por ano a passar pela capital, o que, mantendo este fluxo, permite uma receita adicional de um milhão de euros.