Início noticias TAP interessa, mas será interessante para o IAG, rede e clientes

TAP interessa, mas será interessante para o IAG, rede e clientes

Caso as condições definidas pelo Governo português o permitam e façam sentido para a empresa, o grupo International Airlines Group (IAG), empresa-mãe da Iberia, admite concorrer paralelamente à privatização da TAP e ao processo de compra da Air Europa.

Em declarações à agência espanhola EFE, o presidente executivo do grupo de aviação, Luis Gallego, afirmou “vamos ver o que o Governo português pondera neste processo, analisar se é interessante para a IAG e se faz sentido para a nossa rede e para os nossos clientes”. Declarações feitas durante a 79.ª assembleia geral da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), em Istambul.

Luis Gallego explicou que, em princípio, os mercados em que a Air Europa e a TAP operam são complementares, já que esta última voa sobretudo para o Brasil, onde o seu grupo tem pouca presença. Logo “poderão ser duas operações a avançar em paralelo”.

Sobre a proximidade entre o aeroporto de Lisboa e o aeroporto de Madrid-Barajas, comentou que o grupo IAG, sendo internacional e com várias companhias aéreas (Iberia, British Airways, Vueling, Aer Lingus, Iberia Express e Level) trabalha, por exemplo, no Atlântico Norte, com uma dupla estrutura ‘hub’: Dublin e Londres.