Início noticias Alexandra Reis afirmou que CEO da TAP lhe disse “quero que saias...

Alexandra Reis afirmou que CEO da TAP lhe disse “quero que saias da empresa”

Alexandra Reis, antiga administradora da TAP, ouvida no início da tarde de ontem (05), na comissão de inquérito à TAP, disse não compreender “de forma muito clara” as razões do pedido para que “saísse da empresa” por parte da CEO da companhia aérea.

A ex-administradora, explicou que, em 25 de janeiro do ano passado, “numa reunião muito curta”, a presidente executiva da TAP, Christine Ourmières-Widener, explicou-lhe que queria distribuir os seus pelouros por outros membros da comissão executiva e por isso lhe perguntou o que ficaria a fazer sem essas mesmas responsabilidades.

“Eu quero que saias da empresa”, foi o que, segundo Alexandra Reis, a CEO da TAP lhe disse, tendo deixado claro que queria que saísse não só de administração, mas da empresa e que lhe pediu “confidencialidade sobre o assunto” numa conversa que foi presencial.

A antiga governante afirmou perante a comissão de inquérito não estar a par sobre quem do Governo sabia desta decisão. Na altura dessa conversa, disse ter perguntado a Christine Ourmières-Widener se o Governo estava “ok” com esta decisão e que a resposta que obteve foi “claro” que estava.

Quanto à devolução da indemnização, Alexandra Reis diz já ter contatado, pelo menos três vezes, a TAP mas ainda não obteve qualquer resposta.

“Logo na manhã seguinte à publicação do parecer da Inspeção-Geral de Finanças, a 7 de março, os meus novos advogados contactaram TAP sobre os montantes líquidos a devolver”, frisou.