Início destaque Linha de Apoio Consolidar +Turismo para ajudar empresas turísticas

Linha de Apoio Consolidar +Turismo para ajudar empresas turísticas

Abrem no próximo dia 01 de fevereiro as candidaturas para acesso à Linha de Apoio Consolidar +Turismo, que visa apoiar as empresas turísticas a gerir dívida que contraíram durante a pandemia, que tem uma dotação orçamental de 30 milhões de euros e que poderá chegar ao valor máximo de 40 mil euros por empresa.

A Linha de Apoio Consolidar +Turismo, apresentada por Nuno Fazenda na Covilhã, foi criada para ajudar as micro e pequenas empresas a gerir de forma mais saudável a dívida que contraíram durante o período pandémico da Covid-19,

Carlos Abade, do Turismo de Portugal destacou que a medida será financiada pelo Turismo de Portugal, até ao montante de 75% do serviço da dívida, explicando que o que está aqui em causa é gerir aquela componente de dívida que de forma anormal surgiu na vida das empresas.

O Turismo de Portugal, disse Carlos Abade, poderá emprestar a verba total sem juros e o reembolso dos 25% devido ao Turismo de Portugal, só terá de ocorrer no ano seguinte ao fim do empréstimo bancário, sendo que os territórios de baixa densidade terão uma diferenciação positiva, o limite absoluto passa de 40 para 50 mil euros por empresa e o reembolso final poderá ser feito em dois anos.

As candidaturas serão feitas junto do Turismo de Portugal e a simulação apresentada mostra que as empresas terão menos necessidades de meios próprios, podendo assim canalizar fundos para o investimento.

Poderão aceder a estas linhas micro e pequenas empresas como alojamentos, restaurantes ou até empresas de aluguer de automóveis, entre outras.