Início noticias Madeira: pandemia tornou-se para o turismo uma oportunidade

Madeira: pandemia tornou-se para o turismo uma oportunidade

0

A pandemia tornou-se para o turismo da Madeira uma enorme oportunidade, disse Eduardo Jesus na sua intervenção durante a XV Conferência Anual do Turismo, organizada pela Direção Regional dos Economistas, que decorreu na Madeira.

O governante recordou que à custa da pandemia a região conquistou públicos mais jovens e reforçou o posicionamento como destino ativo, seguro, para todo o ano, e destacou que, num ambiente tão adverso (pandemia de covid-19), a Madeira conseguiu concretizar um conjunto de medidas e conquistas de que este setor acabou por beneficiar.

De acordo com o secretário do Turismo e Cultura, a Madeira também aproveitou a oportunidade para diversificar mercados, abandonando o projeto de direcionar esforços para os nichos norte-americano e canadiano, além do reforço do Brasil, e virou-se para países não explorados na Europa, trabalhando mais intensamente os de leste.

Eduardo Jesus recordou também que o arquipélago conseguiu ainda captar novas operações, novas companhias e novas ligações, trabalhar com novos aeroportos, e, juntamente com a Aeroportos de Portugal (ANA) e o Turismo de Portugal, a Ryanair passou a operar para a ilha.

Tudo isto deu-se durante a pandemia, frisou.

Contudo e segundo Eduardo Jesus, na atual conjuntura há um outro conjunto de ameaças, que se traduz na diminuição do rendimento das famílias, com menos dinheiro para gastar e efetuar viagens.

Mas, por outro lado, considerou que existe um conjunto de oportunidades que devem ser valorizadas e, entre outros aspetos, referiu a forma positiva como o mercado inglês está a olhar para o próximo ano.

A concluir salientou que o europeu está maioritariamente virado para viagens no espaço europeu e que as ameaças serão menores quando mais fizermos maiores as oportunidades e sair das fraquezas mais fortes faz de nós diferentes.

Artigo anteriorCabo Verde: TICV vai ter mais um avião
Próximo artigoRéveillon em São Tomé: mais uma proposta aliciante da Sonhando