A família que voa junto, permanece unida“. Um ‘slogan’ que se pode transformar em lema de uma família islandesa que protagonizou um curioso voo a bordo de uma aeronave da companhia aérea Icelandair, sendo que o pai era o piloto e a sua esposa juntamente com as três filhas do casal faziam parte da tripulação.‎ A tripulação complementava-se com mais outro piloto e outra comissária de bordo.‎

‎Esta situação inédita aconteceu no voo da Icelandair entre o Aeroporto Internacional de Keflavik (Islândia) e o de Washington DC (EUA).

A companhia aérea descreveu-o como um “voo único” e afirmou que é algo que pode acontecer num país tão pequeno como ‎‎a Islândia‎‎.‎

Artigo anteriorFamily Brunch anima almoços de domingo no Riviera Hotel
Próximo artigoAHETA assina protocolos com empresas