Tal como foi referido na edição de ontem, o turismo de luxo adquiriu uma grande importância dentro de um setor que sofreu imenso nos últimos anos.

Quem opta por esta forma de viajar é cada vez mais exigente em termos de qualidade e exclusividade e procura experiências únicas, lugares isolados e personalização ao mais alto nível.

Os destinos mais exclusivos do mundo são aqueles que, além dos preços altos, oferecem ao turista de luxo um espaço onde este pode tornar os seus sonhos em realidade.

Assim, começamos por dois destinos no continente americano.

Las Vegas. Para quem tem dinheiro e quer gastá-lo, nada melhor do que viajar para Las Vegas e perder-se nos seus casinos e festas.

Alguns dos hotéis mais famosos e luxuosos do mundo, como o Bellagio ou o Mandala Bay, estão localizados na famosa Strip, a avenida néon mais conhecida de Las Vegas.

Mas nem tudo é póquer e blackjack na também chamada ‘Cidade do Pecado’.

Se pagar o preço adequado, pode desfrutar de experiências únicas e verdadeiramente ousadas em Las Vegas, tais como voar em gravidade zero, disparar de um helicóptero ou fazer combates aéreos em aviões acrobáticos.

Montego Bay
Os viajantes que procuram exclusividade vão mais além dos preços altos: também exigem privacidade e personalização.

A Jamaica conseguiu combinar todos esses elementos para atrair um tipo de turista habituado ao luxo e ao conforto máximos. Montego Bay é uma das cidades jamaicanas que oferece villas privadas e resorts de luxo onde cada propriedade conta com o seu próprio chef, mordomo e funcionários domésticos, como o hotel Tyrall Club.

É luxo a outro nível, fora do alcance da maioria dos comuns mortais.

E no concerne a uma aventura diferente, a proposta da Civitatis são os Comboios de luxo do Japão.
O Japão está na vanguarda da tecnologia futurista, e isso também se aplica à indústria de viagens e turismo de luxo. Nos últimos anos, ficaram na moda os comboios que atravessam o país, equipados com todas as comodidades, que não ficam nada atrás de um hotel de cinco estrelas.

O Shiki-shima é um dos comboios de luxo do Japão e o seu design futurista imita os materiais tradicionais do artesanato japonês, como o mármore e a madeira. Conta com carruagens tipo suíte e vagões de observação, onde pode relaxar com uma taça de champanhe enquanto aprecia a paisagem.

O bilhete mais barato para viajar no Shiki-shima pode chegar a custar 10 000 dólares.

Artigo anteriorAHRESP quer inclusão das empresas do turismo nos apoio anunciados
Próximo artigoeasyJet vai ter 19 aeronave baseadas em Portugal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui