O turismo de luxo adquiriu uma grande importância dentro de um setor que sofreu imenso nos últimos anos.

Quem opta por esta forma de viajar é cada vez mais exigente em termos de qualidade e exclusividade e procura experiências únicas, lugares isolados e personalização ao mais alto nível.

Os destinos mais exclusivos do mundo são aqueles que, além dos preços altos, oferecem ao turista de luxo um espaço onde este pode tornar os seus sonhos em realidade. A Civitatis compilou uma lista de alguns dos destinos internacionais exclusivos mais relevantes.

Na Europa, os destaques vão para a Riviera francesa: a Côte d’Azur sempre foi um dos destinos mais exclusivos do mundo. Cidades como Nice, Saint-Tropez ou Montecarlo, os seus hotéis de luxo e a sua oferta de lazer, inacessível para a maioria das carteiras, fazem com que até os membros da realeza decidam passar férias aqui. Dentro da Riviera francesa, destaca-se a cidade de Saint-Jean-Cap-Ferrat, à volta da qual se estabeleceu nas últimas décadas um número considerável de villas luxuosas e resorts. Uma das primeiras personalidades a descobrir a magia de Cap Ferrat foi a rainha Vitória I da Inglaterra que era dona de um palácio nas proximidades. Mais tarde, figuras da alta sociedade norte-americana transformaram esta região mediterrânica num centro de turismo de luxo. O Grand Hotel Du Cap Ferrat, localizado num elegante palácio do século XIX e que já recebeu hóspedes célebres como Elizabeth Taylor e Winston Churchill, é um reflexo dessa época de esplendor.

Outro destino europeu é a ilha privada de Sveti Stefan. Pode-se chegar lá de iate, helicóptero, ou até atravessando um istmo de areia… Fácil, não é? Só há um pequeno pormenor: tem de ser hóspede numa villa de luxo. Estamos a falar da ilha de Sveti Stefan, na costa de Montenegro. Após a Segunda Guerra Mundial, esta ilha quase desabitada adquiriu uma enorme importância para o turismo, até que nos anos 60, 70 e 80, após a criação do seu hotel de luxo, tornou-se num destino popular para estrelas de Hollywood como Marylin Monroe, Sophia Loren e Kirk Douglas, entre outros. Villas ostentosamente decoradas como palácios, praias privadas, áreas de wellness e gastronomia gourmet são apenas alguns dos luxos que se podem encontrar em Sveti Stefan.

No segmento de aventura, pode incluir-se a Antártida. O ser humano tem um espírito curioso, o que o levou a descobrir e conquistar os territórios mais remotos da Terra. Há algumas décadas, ninguém apostaria que seria possível viajar até ao fim do mundo e até ficar lá hospedado. Agora é possível, por um preço exagerado, reservar um cruzeiro ou passar uma noite num resort na Antártida, no meio de um deserto de gelo. Não esperamos encontrar no continente gelado coisas como restaurantes gourmet e chalés de luxo com todas as mordomias, mas existem, fazendo da Antártida um dos destinos mais exclusivos do mundo. A agência White Desert organiza estas viagens de luxo à Antártida e a sua imagem de marca principal é o Whichaway Camp, um curioso resort composto por cúpulas cilíndricas, semelhantes a suítes, construídas com tecnologia aeroespacial.

Artigo anteriorTráfico humano: AHP lança ação de sensibilização
Próximo artigoMiguel Albuquerque: Madeira com o melhor ano turístico de sempre

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui