O setor do alojamento turístico registou 2,5 milhões de hóspedes e 6,5 milhões de dormidas em maio de 2022, correspondendo a aumentos de 162,1% e 221,8%, respetivamente (+426,4% e +552,1% em abril, pela mesma ordem). Face a maio de 2019, registaram-se diminuições de 3,2% e 0,7%, respetivamente.

Em maio, o mercado interno contribuiu com 1,8 milhões de dormidas e os mercados externos totalizaram 4,7 milhões. Face a maio de 2019, o mercado interno cresceu 11,6% e os mercados externos diminuíram 4,7%.

Os proveitos totais aumentaram 264,3% para 456,1 milhões de euros, e os proveitos de aposento atingiram 338,4 milhões de euros, refletindo um crescimento de 275,1%. Comparando com maio de 2019, registaram-se aumentos de 11,8% e 11,9%, respetivamente.

O rendimento médio por quarto disponível (RevPAR) situou-se em 56,5 euros em maio e o rendimento médio por quarto ocupado (ADR) atingiu 96,1 euros. Em relação a maio de 2019, o RevPAR aumentou 8,0% e o ADR cresceu 9,4%.

No conjunto dos primeiros cinco meses de 2022, as dormidas aumentaram 355,2% (+128,5% nos residentes e +775,8% nos não residentes). Comparando com o mesmo período de 2019, as dormidas decresceram 9,0%, como consequência da diminuição das dormidas de não residentes (-14,4%), dado que as de residentes cresceram 4,9%. Os proveitos acumulados de janeiro a maio de 2022 cresceram 436,6% no total e 437,0% nos relativos a aposento (+0,5% e +1,5%, face a igual período de 2019, respetivamente).

No conjunto dos primeiros cinco meses de 2022, considerando a generalidade dos meios de alojamento (estabelecimentos de alojamento turístico, campismo e colónias de férias e pousadas da juventude), registaram-se 9,1 milhões de hóspedes e 23,1 milhões de dormidas, correspondendo a crescimentos de 282,9% e 320,6%, respetivamente.

Artigo anteriorWTTC e ETC: medidas para resolver falta de trabalhadores no turismo
Próximo artigoEmbraer já entregou 46 aeronaves neste ano

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui