Início noticias Lisboa vai “gastar” 6,1 ME na promoção do destino

Lisboa vai “gastar” 6,1 ME na promoção do destino

0

Na sessão pública da Associação de Turismo de Lisboa (ATL) realizada ontem (23) à tarde em Lisboa, foi revelado que a ATL em parceria com as empresas do setor, vai investir este ano 6,1 milhões de euros na promoção turística da região, num contexto de retoma pós-pandemia de covid-19.

A sessão contou com a participação do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, do presidente adjunto da ATL, José Luis Arnaut, e do presidente da Entidade Regional do Turismo da Região de Lisboa (ERT-RL), Vítor Costa.

A maior parte do investimento previsto está a ser direcionado para planos de comercialização e vendas das empresas nos mercados externos (três milhões de euros), incluindo a participação em eventos internacionais, campanhas ‘online’ e ações de promoção e venda junto de operadores ou outros canais.

Neste âmbito, foram aprovadas 46 candidaturas, com a participação de 101 empresas.

Já o plano de comercialização e vendas no mercado interno contempla um valor de 392 mil euros e está direcionado para os polos turísticos a potenciar ou em desenvolvimento definidos no plano estratégico (Tejo, Costa da Caparica, Arrábida e Mafra), bem como para os produtos transversais, como ‘surf’, sol e mar, golfe e natureza.

Está também previsto um apoio à captação de congressos, eventos corporativos e associativos, estando alocado para este efeito uma verba de cerca de 510 mil euros. Nesse âmbito, até ao momento, foram aprovadas 78 candidaturas.

No que diz respeito ao programa de internacionalização de festivais e outros eventos culturais, está disponível uma verba de 250 mil euros, destinada a cofinanciar planos de publicidade no estrangeiro suscetíveis de captar público internacional adicional, tendo já sido aprovadas candidaturas para eventos como o “Rock in Rio”, “NOS Alive”, “Kalorama” e “Jazz em Agosto”.

Os restantes quase dois milhões de euros são destinados a financiar ações organizadas diretamente pela ATL, com a participação dos seus associados, nomeadamente feiras internacionais, ‘workshops’ e ‘webinares’ internacionais, materiais promocionais, entre outros eventos.

Até ao momento, os programas de promoção conjunta entre a ATL e as empresas contam com a participação de 367 entidades.

O investimento de 6,1 milhões de euros previstos será financiado em 1,8 milhões pelas empresas, em 2,5 milhões de euros pelo Fundo de Desenvolvimento Turístico de Lisboa (taxa turística), um milhão de euros pela ERT-RL e os restantes 810 mil euros pelo Turismo de Portugal.

Artigo anteriorGreve na Ryanair sem serviços mínimos
Próximo artigoPrimeira cimeira mundial da juventude sobre turismo acontece em Itália

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui