Início noticias Espanha aboliu uso de máscaras, mas há exceções

Espanha aboliu uso de máscaras, mas há exceções

0

O Boletim Oficial do Estado espanhol de hoje, 20 de abril, publica o novo decreto-lei que põe fim a dois anos de obrigatoriedade de utilização de máscaras de proteção individual em espaços interiores no âmbito da pandemia de covid-19.

No entanto, o uso de máscaras continua a ser obrigatório em espaços onde possam existir pessoas vulneráveis, como visitantes e trabalhadores em centros de saúde, farmácias e estabelecimentos sociais e de saúde, incluindo lares para idosos, e em todos os transportes públicos.

As autoridades de saúde espanholas também recomendam a utilização de máscaras quando há multidões e no caso de pessoas vulneráveis.

Será o caso nas escolas, por exemplo, onde deixa de ser obrigatório o uso de máscara nas salas de aula, embora seja recomendado para professores com fatores de vulnerabilidade.

Nos locais de trabalho, os serviços de prevenção de riscos profissionais serão responsáveis pela avaliação da necessidade de usar máscara.

Noutros locais fechados de utilização pública como lojas, cinemas, teatros, salas de concertos, museus, bares, restaurantes, locais de vida noturna, recomenda-se o “uso responsável” de máscaras, assim como no ambiente familiar, reuniões de amigos e celebrações privadas.

Artigo anteriorAçores: Berta Cabral assume a Secretaria Regional do Turismo
Próximo artigoMarca Vox City Walks lança walking tour Hop-on Hop-off no Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui