COMPARTILHE

Localizado no coração da serra de Monchique, a Villa Termal Caldas de Monchique Spa Resort tem novos donos e está a ser remodelada, com conclusão da primeira fase prevista para a Páscoa deste ano, sendo que ainda este ano serão anunciadas outras renovações.

A estância termal foi adquirida por Adrian Bridge e Miguel Velez, sócios fundadores da Unlock Boutique Hotels, empresa que será responsável pela gestão da operação da unidade, numa joint venture com Paula Nascimento, accionista da Sociedade da Água de Monchique, num negócio avaliado em 10,5 milhões de euros.

A Villa Termal Caldas de Monchique, que se funde com a paisagem da Serra de Monchique – com os seus 39 hectares recortados por riachos por onde corre a conhecida Água de Monchique – passará a contar com um total de 114 quartos, suites e apartamentos, distribuídos por quatro unidades hoteleiras, a saber:

– Na praça principal da Villa Termal, surge o novo Hotel Central, agora com um posicionamento de quatro estrelas superior. Esta unidade vai apresentar no total 32 quartos e suites, resultante da fusão do antigo Hotel Central, a Estalagem D. Lourenço e a construção de novos quartos;

– Outro edifício do século XIX que foi igualmente reconvertido em toda a área social e de bar, é o Hotel D. Carlos Regis, que dispõe de 22 quartos e quatro suites, estando classificado com quatro estrelas;

– O Hotel Termal, com 46 quartos e classificado com três estrelas, que consiste num verdadeiro retiro, sendo o local ideal para desfrutar de momentos únicos e relaxantes;

– O projecto de remodelação da Villa Termal Caldas de Monchique Spa Resort inclui também uma unidade de alojamento local. Trata-se do Hotel Central Suites, com 10 espaçosas suites e duas vilas.