COMPARTILHE

A Comissão Europeia divulgou uma lista provisória de produtos norte-americanos sobre os quais a União Europeia poderá aplicar taxas, num valor global superior a 10 mil milhões de euros, como compensação pelos apoios ilegais dos Estados Unidos à Boeing.

Depois de a Organização Mundial do Comércio (OMC) ter concluído que os Estados Unidos violaram efectivamente regras comerciais com apoios ilegais à fabricante Boeing, prejudicando a Airbus, a Comissão Europeia, com base nesta “sentença” que põe fim a uma disputa de 14 anos em torno do sector aeronáutico, abriu agora uma consulta pública, até 31 de maio, para decidir quais os artigos norte-americanos que poderão ser taxados à entrada em território europeu.

A vasta lista já publicada pelo executivo comunitário, que abrange os mais diversos produtos, desde aviões e químicos a produtos agroalimentares, como peixe congelado e até ‘ketchup’, representam, no total, cerca de 20 mil milhões de dólares de exportações dos Estados Unidos para a União Europeia (aproximadamente 17,7 mil milhões de euros).