Início Destaques Turismo mundial cresceu seis por cento em 2017

Turismo mundial cresceu seis por cento em 2017

COMPARTILHE

 

O turismo mundial cresceu 6% em 2017, na comparação com o ano anterior. Quem o disse foi o novo secretário-geral da Organização Mundial de Turismo (OMT), , que afirmou ainda que este aumento foi impulsionado sobretudo por turistas chineses.

Citado pela agência noticiosa EFE, Zurab Pololikashvili destacou a rápida evolução de China como mercado emissor de turistas, impulsionando o grande incremento no turismo mundial.

Esta subida de 6% já tinha sido avançada, em 31 de dezembro de 2017, por Taleb Rifai, antecessor do actual secretário-geral, quando a organização reviu em alta as suas previsões para o conjunto do ano.

Para 2018, Zurab Pololikashvili antecipou um incremento entre 3% a 4% nas chegadas internacionais, em linha com estimativas da organização até 2030, numa intervenção no Foro España Internacional, em Madrid.

A indústria turística representa 10% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial, terceiro sector exportador no mundo e que emprega 1 em cada 10 pessoas, de forma directa ou indirecta.

Com mandato até 2021, Zurab Pololikashvili quer um reforço das alianças entre os sectores público e privado, o fomento do emprego de qualidade e das oportunidades para todos, o domínio da tecnologia e da inovação e a promoção da sustentabilidade e da luta contra as alterações climáticas.

O turismo mundial cresceu 6% em 2017, na comparação com o ano anterior. Quem o disse foi o novo secretário-geral da Organização Mundial de Turismo (OMT), , que afirmou ainda que este aumento foi impulsionado sobretudo por turistas chineses.

Citado pela agência noticiosa EFE, Zurab Pololikashvili destacou a rápida evolução de China como mercado emissor de turistas, impulsionando o grande incremento no turismo mundial.

Esta subida de 6% já tinha sido avançada, em 31 de dezembro de 2017, por Taleb Rifai, antecessor do actual secretário-geral, quando a organização reviu em alta as suas previsões para o conjunto do ano.

Para 2018, Zurab Pololikashvili antecipou um incremento entre 3% a 4% nas chegadas internacionais, em linha com estimativas da organização até 2030, numa intervenção no Foro España Internacional, em Madrid.

A indústria turística representa 10% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial, terceiro sector exportador no mundo e que emprega 1 em cada 10 pessoas, de forma directa ou indirecta.

Com mandato até 2021, Zurab Pololikashvili quer um reforço das alianças entre os sectores público e privado, o fomento do emprego de qualidade e das oportunidades para todos, o domínio da tecnologia e da inovação e a promoção da sustentabilidade e da luta contra as alterações climáticas.