Está aqui
Turismo industrial aumenta em São João da Madeira

Turismo industrial aumenta em São João da Madeira

 

O circuito de Turismo Industrial de São João da Madeira, que permite conhecer em contexto de laboração real várias fábricas, museus e instituições ligados às indústrias locais, reforça-se na próxima quinta-feira com mais três unidades de colchoaria e artes gráficas.

O alargamento do projecto começou a ser preparado no final de 2016 e disponibiliza agora aos visitantes o acesso também às fábricas Flexitex, de produção de têxteis para colchoaria, e Molaflex, que concebe colchões e complementos de descanso, assim como à empresa Bulhosas, de artes gráficas e injeção de plásticos.

As três novas unidades passam assim a integrar o roteiro que, desde o seu lançamento em 2012, já levou mais de 100 mil visitantes às produtoras de calçado Evereste e Helsar, à fábrica de lápis Viarco, à empresa de passamanarias Heliotêxtil, à Cortadoria Nacional do Pêlo e à unidade de feltros para chapéus Fepsa, assim como à Academia de Design e Calçado, ao Centro Tecnológico do Calçado de Portugal, aos museus do Calçado e da Chapelaria e à Oliva Creative Factory.

Com o alargamento a essas três unidades, o circuito de Turismo Industrial de São João da Madeira passa assim a cobrir uma amostra maior do legado industrial da cidade, abrangendo desde empresas mais tradicionais às de base criativa e tecnológica.

O objectivo é demonstrar a capacidade de inovação e diversidade produtiva do município que desde o século XX tem um lugar de destaque na industrialização do país.

Share this:

Posts relacionados

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial