Está aqui
São Martinho: Hotéis do Norte com taxas de ocupação de 60%

São Martinho: Hotéis do Norte com taxas de ocupação de 60%

 

As previsões da taxa de ocupação hoteleira nas principais cidades do Norte de Portugal ronda os 60% para o próximo fim de semana, altura da comemoração do Dia de São Martinho.

Em comunicado agora divulgado, a entidade Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) salienta que o Porto e Norte de Portugal tem uma taxa de 57% de ocupação, com os municípios de Caminha, Chaves, Cinfães, Fafe, Melgaço, Montalegre, Paredes de Coura, Penafiel, Ponte da Barca, Valongo, Vila Nova de Cerveira e Vila Pouca de Aguiar a registarem a maior procura.

O comunicado refere ainda que a região do Porto e Norte regista uma forte procura para o São Martinho, com as unidades de alojamento a atingirem taxas de ocupação muito elevadas, sendo que algumas zonas estão mesmo lotadas. Acrescenta ainda o documento que as cidades do Porto e Vila Nova de Gaia apresentam valores de 67% de ocupação para o fim de semana de 11 e 12 de novembro.

Para Melchior Moreira, presidente da TPNP, uma taxa de ocupação de 60% para os dias de São Martinho mostra, claramente, que o trabalho da entidade tem surtido efeito e que o destino tem potencial para captar turistas nas várias épocas do ano”.

O São Martinho, segundo o calendário litúrgico, é o santo patrono dos alfaiates, cavaleiros, pedintes, produtores de vinho, soldados, cavalos, gansos, lê-se na página da Internet da TPNP.

O facto do São Martinho coincidir com a época do ano em que se celebra o culto dos mortos e com a altura do calendário rural em que terminam os trabalhos agrícolas e se começa a usufruir das colheitas (do vinho, dos frutos, dos animais) leva a que esta festa tenha uma componente vincada de exuberância.

Share this:

Posts relacionados

Deixe Comentário

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial