COMPARTILHE

Os proveitos da actividade hoteleira na região Centro aumentaram 26% entre março de 2017 e março de 2018, mantendo-se acima da média nacional também no número de dormidas. Uma informação que consta nos dados dados preliminares divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística.

No período de um ano, as receitas hoteleiras na área da Turismo do Centro passaram de 14,6 milhões para 18,5 milhões de euros (mais 26,4%), tendo o rendimento médio por quarto disponível registado também um crescimento de 16,3 euros para 19,3 euros.

No total de hóspedes, o mês de março de 2018, em comparação com o mesmo mês de 2017, registou um aumento percentual de 13,2%. Tinham sido 197.140 em março de 2017 e foram 223.133 no mesmo mês de 2018, um crescimento de 25.993 hóspedes.

No indicador do número de dormidas, o Centro de Portugal cresceu 17,4%, acima da média nacional, que foi de 10,3%.

Em março de 2017, tinham sido contabilizadas 322.735 dormidas na região; em março de 2018 foram 378.832. Para esta subida contribuiu o facto de o fim de semana da Páscoa ter coincidido com os últimos dias do mês.

Segundo a Turismo do Centro, subida foi tão significativa entre os visitantes nacionais como entre os estrangeiros: as dormidas provenientes de hóspedes nacionais cresceram 18,1%, para 221.943, enquanto as dos estrangeiros tiveram um aumento de 16,4%, para 156.889.