Início Diversos POUCOS PORTUGUESES QUE TRABALHAM EM TURISMO TÊM O ENSINO SUPERIOR

POUCOS PORTUGUESES QUE TRABALHAM EM TURISMO TÊM O ENSINO SUPERIOR

COMPARTILHE

 

Um estudo divulgado pelo INE e apresentado na Estratégia de Turismo 2027 revela que apenas 12% dos portugueses que trabalham no sector do turismo em Portugal frequentaram o ensino superior. Os principais sectores de actividade abrangidos pelo estudo são o alojamento, a restauração e similares e as agências de viagens.

Portugal foi eleito este ano o melhor destino europeu. Com um crescimento e evolução do turismo tão acentuado, é cada vez mais crucial ter profissionais e executivos com formação superior capazes de enfrentar os desafios e a grande competitividade destes mercados, afirma Hélia Gonçalves Pereira, directora da Pós-Graduação em Top Management in Hospitality and Tourism do INDEG-ISCTE.

Destinado a profissionais, executivos e dirigentes que pretendam aprofundar ou complementar os seus conhecimentos e competências no sector da hotelaria e do turismo, a pós-graduação do INDEG-ISCTE é apoiada por um conselho consultivo composto por profissionais de renome na área tais como Bernardo Trindade, administrador Porto Bay e ex-secretário de Estado do Turismo, Gonçalo Rebelo de Almeida, administrador Grupo Vila Galé, Mário Ferreira, CEO Nau Hotels, entre outros.

Para o director Executivo da Pós-Graduação, Francisco Moser uma formação superior proporciona o desenvolvimento de uma visão estratégica e transversal da gestão no sector da hotelaria e turismo.

A pós-graduação em Top Management in Hospitality and Tourism inicia-se em janeiro de 2018 e as inscrições já se encontram abertas no site do INDEG-ISCTE.

2 COMENTÁRIOS

  1. Mas também nem todos os que têm habilitações mais que suficientes, conseguem trabalho nesta área, infelizmente…

    • Há também aqueles licenciados em turismo, que ocupam posições de atendimento em postos de turismo municipais que ainda não percebem que o interlocutor é mais importante do que o monitor do computador, do qual não levantam os olhos, dando uma resposta tipo “vá por aí acima quie encontra coisas bonitas”. Se o nterlocutor levanta a voz, eles levantam os olhos do monitor e forçam um sorriso desnatural.
      Mas sim são excepções à regra.
      (Nota: Escrevo em desacordo com o AO)

Comments are closed.