COMPARTILHE

Os novos órgãos sociais da AHP – Associação da Hotelaria de Portugal, a maior associação patronal da indústria hoteleira, tomaram posse no Four Seasons Ritz Lisboa.

Perante uma plateia cheia de personalidades, a cerimónia contou com a presença da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho; do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina; e do presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo.

Na ocasião, Raul Martins, presidente da AHP, começou por referir que o Turismo confirmou ser, nos últimos três anos, o sector mais pujante da economia nacional.

Temos crescido quer nos proveitos, quer a nível de emprego. Recebemos prémios atrás de prémios internacionais, batemos recordes atrás de recordes, a Troika saiu do país e o Turismo impulsionou a onda de crescimento geral da economia portuguesa, disse o presidente da AHP, acrescentando que o mercado interno cresceu e gera importantes fluxos turísticos para todas as regiões do país, contribuindo para combater a sazonalidade e distribuindo os benefícios do Turismo por todo o território nacional.

Por sua vez, a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, rejeitou que exista qualquer “euforia” ou “bolha” no sector, e reconheceu que ainda “há muito a fazer” em termos de sustentabilidade ambiental.

Não me parece que haja razões para euforia, há razões objectivas para olhar para um sector que neste momento representa 18,6% das exportações e 13,7% do PIB, se olharmos para o consumo turístico interno, disse Ana Mendes Godinho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here