COMPARTILHE

2019 marca o início de um novo Mundo Abreu. O evento foi remodelado e deixa de ser planeado como uma feira de viagens (embora continue a haver vendas) para se transformar num evento de experiências. De viagens, pois claro.

Para tal serão realizadas apresentações e conversas sobre viagens subordinadas ao tema do evento: “a viagem da sua vida”. Sejam com oradores convidados pela Agência Abreu ou por parceiros do Mundo Abreu. E esta é outra novidade: os parceiros terão uma presença mais interactiva do que nas edições anteriores. Inclusive vão ter a possibilidade de ter pontos de venda próprios, nos seus stands.

Tudo porque, como referiu Luís Costa, responsável pela área de fidelização de clientes da Agência Abreu, o que se pretende é cativar o visitante de forma a que ele “passe o dia todo connosco”. Passatempos, e inclusive a transmissão, em directo, de um programa do Governo Sombra serão apenas algumas dessas acções interactivas.

Estas alterações foram feitas porque, como afirmou Pedro Morgado, director da Agência Abreu, o Mundo Abreu é um evento direccionado para o consumidor final e não para os profissionais do sector.

Apesar das alterações há outras características que se manterão. Continuará a existir uma brochura específica para o evento, que estará disponível nas lojas 15 dias antes. Por outro lado, a parceria com a Sonae poderá significar que a brochura esteja igualmente presente nalgumas insígnias.

Em termos de pontos de vendas – apesar de apostar mais na experiência o Mundo Abreu continuará a vender produtos turísticos – o número é igual ao das edições anteriores – 75. A novidade prende-se com os postos de venda fora da área de venda, mais precisamente nos stands dos parceiros, que aumenta o número de postos para 110. Com isto a expectativa é a de conseguir crescer entre 5 a 10%.

Em termos de destinos a Agência Abreu vai dar destaque a algumas operações, como Porto Santo, Itália (com especial ênfase para Calábria e Sardenha), Cruzeiros e Antália (novidade absoluta, com partida do Porto), sendo que, tradicionalmente, há muita procura para Grandes Viagens, Circuitos Europeus, Praias Exóticas e Cabo Verde.

por Alexandra Costa