COMPARTILHE

Foram ontem (11) anunciados os vencedores dos prémios Xénios 2019, galardão atribuído pela ADHP – Associação dos Directores de Hotéis de Portugal, e que têm como intuito de reconhecer o trabalho e mérito de profissionais do sector hoteleiro. O grande vencedor da noite foi Marcos Sousa, da Nau Salgados Palace, que, aquando do seu discurso, mencionou os tempos difíceis passados pelo grupo e realçou que houve muito operadores e colegas que não acreditaram que era possível dar a volta a uma situação de dificuldades financeiras pela qual as unidades, anteriormente propriedade do grupo CS.

O prémio carreira, por seu lado, foi entregue a António Muchaxo, proprietário e director da Estalagem Muchaxo, por todo o seu trabalho em prole não só do sector, mas também no dignificar da profissão.

Patrícia Purshotam, do Hotel SANA Executive foi considerada o Jovem Director de Hotel, enquanto Lídia Carvalho, do Montebelo Viseu Congress Hotel foi a vencedora na categoria Director de Alojamento. Na parte comercial, diga-se Director Comercial, Marketing & Vendas, o galardão foi entregue a Amável Guerreiro, do Hilton Vilamoura As Cascatas Golf Resort & Spa. Ainda na vertente “pessoas” Miguel Luís do Hotel Ritz Four Seasons Lisboa foi considerado o Melhor Gestor de Potencial Humano enquanto David Madeira, da Quinta do Lago Resort venceu na parte de Director de F&B. Já a Delta Cafés foi considerada como a melhor Empresa de Outsourcing.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here