COMPARTILHE

Segundo o estudo Waction, da Worx, prevê-se um acréscimo de 2100 quartos em hotéis de 4 e 5 estrelas em Lisboa.

No seguimento da excepcional performance que o mercado de turismo nacional tem vindo a registar de forma consistente e sólida, os resultados alcançados no 1º trimestre de 2018 seguem a trajectória de crescimento em ritmo positivo.

A cidade e região de Lisboa verificou performance muito positivas com os principais indicadores de performance a verificarem desempenhos ascendentes.

Relativamente à taxa de ocupação por quarto, podemos observar que na cidade de Lisboa as categorias de 3, 4 e 5- estrelas verificaram uma subida, com a categoria de 3-estrelas a registar a subida mais significativa de 4 p.p comparativamente ao período homologo de 2017.

Para a cidade de Lisboa, o REVPAR no 1º trimestre de 2018 fechou nos 61,86 € (+ 13,6%) e na Região de Lisboa cifrou-se nos 55,18€ (+ 15%). Numa análise da evolução do REVPAR por categoria de unidade hoteleira, observou-se um aumento em todas as categorias, com destaque para a categoria de 3-estrelas que verificou uma subida de 8,05€ face ao mesmo período de 2017, situando-se agora nos 42,15€.

Para 2018, a Worx estima que com a abertura das novas unidades hoteleiras para a cidade de Lisboa, irão acrescentar-se à oferta actual mais de 2100 quartos, direccionados em larga percentagem para as categorias de 4 e 5-estrelas

Ao nível do investimento, no 1º trimestre de 2018 o Grupo Hoti Hotéis adquiriu um hotel de quatro estrelas, em Setúbal, que irá reabrir em Maio com a marca Meliá. Este equipamento vai contar com 112 quartos e pretende dirigir-se para o segmento de negócios, mas também o segmento de lazer e famílias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here