COMPARTILHE

O programa “365 Algarve”, iniciativa cultural destinada a promover a região na época baixa, e que se realiza desde 2016, já tem garantida uma quarta edição, a realizar-se de outubro deste ano a maio de 2020, foi agora anunciado em comunicado.

Inicialmente planeado para ter apenas três edições, o programa teve um sucesso tal, que o Governo decidiu estendê-lo, estando já assegurada uma próxima edição a começar no próximo mês de outubro e a terminar em maio de 2020, como sempre tem sido desde que foi criado, em 2016.

O objectivo inicial, como recorda o comunicado, foi o de combater a sazonalidade, melhorando a atractividade e a experiência turística em todos os municípios algarvios. Para tal, foi criada uma programação cultural de qualidade, construída a partir das propostas do tecido artístico local, e dinamizada pelas áreas de governação da Economia e da Cultura.

Até à data, assistiram aos eventos mais de 300 mil espectadores. Nos últimos três anos, foram promovidas 1.553 iniciativas, num investimento global de 4,5 milhões de euros, financiado pelo Turismo de Portugal.

Paralelamente, desde 2016, as “dormidas no Algarve durante a época baixa” aumentaram 23%, o que se reflectiu numa diminuição de mais de três pontos percentuais na taxa de sazonalidade, de 46% em 2015 para 42,9% em 2017.

Em novembro e dezembro de 2018, os passageiros desembarcados no aeroporto de Faro aumentaram 16,4% e 23,3%, respectivamente.

Segundo a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, desde 2016, as dormidas na época baixa cresceram 23%. E, entre o Inverno de 2015/2016 e o actual Inverno (2018/2019), o número de lugares de avião subiu 33%.

A edição em curso soma mais de 400 iniciativas culturais, que incluem mais de uma centena de concertos, cerca de 50 espectáculos de teatro e perto de cem acções relacionadas com o património da região, entre outros eventos.