COMPARTILHE

Nos últimos anos Cuba tem registado uma azáfama no que concerne à construção e reconstrução da cidade. E isso também se aplica à hotelaria. Manuel Marrero Cruz, Ministro do Turismo de Cuba, revelou que prevê um aumento de mais 4.000 quartos até 2020, fruto de novos empreendimentos e da remodelação de já existentes.

A maioria das novas edificações estarão localizadas em Havana, nomeadamente através do Hotel Palacio Cueto; do Hotel de Prado y Paseo, administrado pelo Grupo Accor, e que tem uma localização privilegiada (muito perto de Havana Vieja e do Malecón, entre outros. Mas a estratégia do país passa por diversificar pelo território. E a prova está nas renovações de unidades hoteleiras e novas aberturas espalhadas pelo país. É o caso do Hotel Iberostar Albatros, na praia Guardalavaca e do Cabaret Continental em Matazanças, mas também de outras inaugurações em cidades como Santiago de Cuba, Trinidad, Cayo Cruz e Cayo Guillermo.

por Alexandra Costa

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here