COMPARTILHE

O VI Congresso Europeu de Turismo Rural (COETUR), que vai decorrer no Sabugal, no distrito da Guarda, de 29 a 30 maio, terá como objectivo a captação de novos empresários para o sector.

Na apresentação do evento, na sede do Turismo de Portugal, o presidente do Turismo do Centro Portugal, explicou que o COETUR deverá permitir aos empresários encontrar bolsas de investimento nos territórios rurais.

Pedro Machado salientou que o congresso deve contribuir para que Portugal e Espanha criem um verdadeiro destino turístico, consolidando as relações bilaterais.

Espanha é hoje o nosso primeiro mercado externo. Queremos consolidar, não a relação que temos com o nosso primeiro mercado externo emissor, mas queremos reforçar e tirar partido desta relação.

O congresso, que vai decorrer pela primeira vez em Portugal, terá não só a preocupação em valorizar os territórios de baixa densidade, de modo a atenuar algum preconceito sobre um turismo que muitas vezes não tem a mesma oferta, com a mesma qualidade, de outros segmentos de mercado, como também tem a ver com a estratégia do município e das aldeias de Portugal, onde serão discutidas novas dinâmicas relacionadas com o turismo em espaços rurais na Península Ibérica.

Organizado pela plataforma digital espanhola Escapada Rural, o VI Congresso Europeu de Turismo Rural (COETUR) vai mobilizar cerca de 200 participantes e criar a ideia de Portugal e Espanha como um destino único.

Sob o mote “Destino Ibérico, Turismo Rural aquém e além fronteiras”, o VI Congresso Europeu de Turismo Rural (COETUR), que terá a Extremadura como destino convidado, vai acontecer no território das Aldeias Históricas de Portugal, no Sabugal.