COMPARTILHE

A calendarização da terceira edição dos Caminhos, um projecto de programação cultural em rede e que envolve 13 municípios, foi ontem apresentado na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL). Com o objectivo de gerar itinerância de públicos internos, com uma programação cultural diferenciadora, e aumentar o número de visitantes que experienciam, neste período, o território como um todo, como um roteiro turístico e cultural em rede, o Caminhos está dividido em três ciclos: Ferro, Água e Pedra, a decorrer, respectivamente, de 12 a 14 de Abril,  entre 19 e 21 de Julho e de 11 a 13 e de 18 a 20 de Outubro.

O primeiro ciclo – Caminhos do Ferro – irá percorrer Abrantes, Entroncamento, Tomar e Torres Novas, e incluirá dois percursos, dois espectáculos de teatro de rua que são estreias nacionais e dois concertos. Já os Caminhos da Água marcarão presença em Abrantes, Alcanena, Constância, Ferreira do Zêzere, Mação, Vila Rei, e Vila Nova da Barquinha, enquanto os Caminhos da Pedra irão incidir sobre Entroncamento, Ourém, Sardoal, Sertã, Torres Novas, e Vila Nova da Barquinha.

O Caminhos é um projecto co-financiado pelos programas Centro 2020, Portugal 2020 e pela União Europeia, sendo promovido pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) e pelos 13 municípios associados.