COMPARTILHE

O European Hospitality Summit, que decorreu no passado dia 13, em Lisboa, reunião mais de 350 participantes, numa iniciativa promovida pela Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP). Esta foi a primeira vez, em Portugal, que empresários, gestores, académicos, dirigentes políticos e associações se reuniram para debater o futuro e as tendências internacionais do alojamento turístico.

No decorrer do encontro Carlos Moura, primeiro vice-presidente da AHRESP sublinhou que em 2018 o “turismo em Portugal representou 8,2% do PIB nacional, e no alojamento turístico, com 80.800 postos de trabalho, passaram 24,8 milhões de hóspedes, num total de 66 milhões de dormidas”.

Ao longo do dia foram abordados diversos temas relacionados com o turismo, como por exemplo, ‘Tendências e Perspectivas do futuro do Turismo em Portugal’, ‘O boom do Alojamento Local’, ‘Megatendências digitais da reserva, ao acolhimento, ao hóspede’, ‘Novos padrões e evolução da sustentabilidade no Turismo’, ‘A importância da formação na indústria’, ‘Enquadramento geral do alojamento local: impacto legal e fiscal em vários níveis’, ‘Do Marketing Digital à operação, até ao analytics’.