COMPARTILHE

Os últimos números da IAT (International Air Transport Association) já saíram e demonstram um crescimento do número do tráfego global de passageiros. No entanto, apesar de os valores serem positivos verifica-se uma desaceleração quando comparado com o crescimento verificado em 2017.

Feitas as contas, no acumulado do ano de 2018, a capacidade subiu 6,1%, e a taxa de ocupação subiu 0,3 pontos percentuais, para um recorde de 81,9%, superando a os valores registados em 2017.

Para o próximo ano as previsões de Alexandre de Juniac, Director General e CEO da IATA, são de que o sector manterá um desempenho semelhante ao de 2018. Isto apesar de o desaceleramento registado no segundo semestre, “associado a preocupações com o Brexit e as tensões comerciais entre os EUA e a China, estarem a criar alguma incerteza no que concerne a essa perspectiva positiva”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here